2015-05-31

1/3 Comparativo entre destinos: Brasil na frente

Destinos
News: 1/3 Comparativo entre destinos: Brasil na frente

Rótulo: Destination Report Destinos


O destino preferido para eventos é a América Latina, com 62 %. A Europa e a América do Norte ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente. O líder no comparativo entre países é o Brasil. Atrás, o Chile e a Argentina estão travando um duelo muito interessante. O Chile ganhou segundo lugar, mas por pouco e com apenas 2 % a mais na preferência. No ranking de cidades, a preferência ainda é pelo Brasil e a cidade de São Paulo deixa todos seus rivais para trás.


O destino preferido para eventos é a América Latina, com 62 %. A Europa e a América do Norte ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente. O líder no comparativo entre países é o Brasil. Atrás, o Chile e a Argentina estão travando um duelo muito interessante. O Chile ganhou segundo lugar, mas por pouco e com apenas 2 % a mais na preferência. No ranking de cidades, a preferência ainda é pelo Brasil e a cidade de São Paulo deixa todos seus rivais para trás.

América Latina em primeiro lugar, a Europa supera a América do Norte

Entre todas as regiões globais, a América Latina está em primeiro lugar: os organizadores de eventos brasileiros preferem seu próprio continente. 62 % dos entrevistados falaram que a América Latina será especialmente relevante para seus projetos em 2015. Será que essa porcentagem sobe com a aproximação de outros grandes eventos esportivos (os Jogos Olímpicos de 2016)?

A Europa, com 50 %, está em segundo lugar, deixando para trás a América do Norte (42 %). A Ásia registrou um desempenho muito mais fraco e terá que se contentar com um lugar no meio da tabela, com apenas 16 %.

Comparativo entre países: Brasil na frente, duelo entre Chile e Argentina

A comparação entre países também produziu um ganhador incontestável: 65 % dos organizadores de eventos brasileiros preferem seu próprio país, que chegou em primeiro lugar. O Chile e a Argentina ficaram muito para trás. Os dois países travaram um duelo interessante, com o Chile superou a Argentina por uma margem de apenas 2 % (48 % contra 46 %).

México (34 %) e Peru (28 %) formam um grupo forte no meio do ranking. Entre os retardatários no final do ranking estão a Venezuela (7 %), e a Bolívia e o Equador (5 % cada).  É especialmente evidente que as tensões políticas da Venezuela tiveram um impacto adicional sobre o turismo.
 
São Paulo em 1º lugar no comparativo metropolitano

A preferência pelo Brasil continua na comparação entre cidades: a cidade de São Paulo é um dos principais destinos para 64 % dos organizadores de eventos brasileiros. A maior cidade do país não faz parte da categoria de destinos tranquilos para viagens de incentivo, mas é a melhor cidade para eventos.

A cidade de Santiago de Chile retrata a popularidade do Chile como destino para eventos. 48 % dos entrevistados brasileiros preferem a capital chilena. Isso foi suficiente para Santiago assumir a segunda colocação, ao lado do Rio de Janeiro, também com 48 % dos votos. Rio de Janeiro também merece essa colocação com seus vários destaques turísticos.

As cidades de Punta del Este e Cancún também são lembradas pela infraestrutura de turismo e localização exclusiva na praia - benefícios reconhecidos por 33 % e 29 % respectivamente dos votos de organizadores de eventos brasileiros.

Os brasileiros são atraídos pelo famoso charme de Cuba, especialmente seu capital, a cidade de Havana? Não muito - a cidade caribenha está em último lugar com apenas 12 % dos votos.

Você gostaria de receber outros resultados do PRO SKY Destination Report? Esse link abre outras tendências e novas inspirações do setor:

2/3 Essas são as tendência de grupos para eventos
3/3 Estilo do hotel: especialmente importante para 84 % dos organizadores de eventos

Você gostaria de ler a versão completa do relatório ainda mais detalhado? Solicite a análise em formato PDF, via email: Sabine Thomas, sabine.thomas@pro-sky.com


Compartilhe essa notícia: