2015-08-18

4/5 Tour no vale do silício: Cinco tendências em cinco semanas

Notícias Pro Sky
News: 4/5 Tour no vale do silício: Cinco tendências em cinco semanas

Rótulo: Inspiration MICE Trends Education


Educação é um assunto em alta. Afinal, a educação influenciará o futuro de nossa sociedade. Apesar disso – ou talvez por isso mesmo – novas tendências educacionais estão sempre surgindo. Eventos muito interessantes estão criando um novo paradigma educacional no Vale do Silício. Qual é o futuro para o século 21? E qual será o efeito sobre o setor de eventos? Mathias Haas, THE TRENDWATCHER, sai em busca de respostas.


A nossa primeira impressão é que a educação funciona de maneira diferente no Vale do Silício. Dr. Kai Goebel, cientista da NASA e Presidente da Escola Internacional Alemã, confirma a nossa opinião. Ele acredita que a escola não é um lugar apropriado para a aquisição de conhecimentos. Na realidade, a escola deve ensinar habilidades e capacitar o aluno a enfrentar desafios no futuro. A transparência em relação às novas tecnologias é essencial. “Isso é melhor que a alternativa, que seria soltar esses alunos no mundo digital sem qualquer preparo. É uma questão de ter a coragem de fazer algo e realizar seus sonhos, em vez de ser refém de suas incertezas.”

Dr. Kai Goebel, cientista da NASA e Presidente da Escola Internacional Alemã - Foto: HAAS. O ANALISTA DE TENDÊNCIAS.

Um dos principais pilares dessa nova tendência educacional é a Internet. A educação via Internet deve ampliar acesso à educação, compartilhando conhecimentos a um valor acessível, ou até de graça. Pioneiros nessa área incluem o Khan Academy, um site de vídeos educacionais sem fins lucrativos, ou a Udacity, uma escola online. Isso também é uma tendência entre os gigantes do Vale do Silício: a Apple, a Microsoft e outras companhias realizam workshops especiais para introduzir os jovens para a tecnologia.

Workshop de Microsoft para crianças – Foto: HAAS. O ANALISTA DE TENDÊNCIAS.

AltSchool – o futuro da educação?

Já conhecemos pais insatisfeitos que criaram suas próprias escolas. Mas essa é uma iniciativa ainda mais interessante quando o fundador de uma dessas escolas é um ex-funcionário do Google. É o caso do AltSchool, fundada em 2013, que é uma escola primária particular com a meta de preparar crianças para um mundo digital. O objetivo é a aprendizagem autônoma e individual, que rejeita as abordagens tradicionais de ensino. Mas, o projeto é controverso por que o cotidiano escolar é registrado por câmeras e microfones. Mesmo assim, as mensalidades são muito caras e a “educação do futuro” deve continuar sendo reduto dos jovens mais privilegiados

Aprendizagem adaptativa: o fim das abordagens tradicionais de ensino?

O ensino em casa, escolas particulares e a promoção de talentos – logo percebemos que a educação é um assunto delicado no Vale do Silício. Basicamente, a educação é um sistema livre onde todos podem transferir conhecimentos. Antigamente, a única opção era o sistema de escolas estaduais que adotavam abordagens tradicionais ao ensino. Isso mudou há muito tempo.

Os críticos dizem que os “modelos educacionais obsoletos não preparam a criança de maneira adequada para o mundo do amanhã”. Do outro lado, existe um número crescente de pessoas criticando a orientação comercial de alguns conceitos educacionais, é exatamente essa atitude que está criando um novo caminho para a educação. Essas críticas são vistas de forma positiva, não negativa.

“O fato de ser tradicional não significa que determinada abordagem é a melhor solução”, dizem as pessoas que vivem no Vale do Silício. A Pro Sky também adota uma perspectiva otimista e está sempre em busca de melhorias contínuas. Acreditamos que o Vale do Silício está no caminho certo.

Nunca é tarde demais para aprender

Obviamente, a educação é um processo contínuo que dura a vida toda. Ninguém sabe disso melhor que Vivek Wadhwa, empreendedor e professor (Stanford, Singularity University), que diz: “A educação é a chave para uma carreira bem sucedida”. O fator decisivo é capacidade de aceitar a inovação. Mathias Haas, THE TRENDWATCHER, teve a oportunidade de falar com Vivek Wadhwa. Ele defende algumas teorias interessantes:

> O desenvolvimento rápido e exponencial das tecnologias de computação terá um impacto sobre áreas como a medicina e todos os outros setores com a mesma velocidade, mudando tudo.

> A cultura do Vale do Silício aceita a injustiça e, em alguns casos, busca vantagens injustas para algumas companhias. O Vale do Silício é um lugar que aceita erros, sustenta redes, compartilha conhecimentos e está sempre disposto a experimentar.

> A força da Europa reside em sua percepção do valor da educação e justiça social. Mas, durante as próximas décadas, a região pode cair para o mesmo nível que os países em desenvolvimento se não aprender a arriscar e quebrar hierarquias, para promover a inovação.

Singularity University – “A universidade para as pessoas que querem salvar o mundo”

Centro de pesquisa, programa de pós-graduação, incubadora – criada em 2008, a Singularity University não se encaixa em qualquer padrão tradicional de universidade. Aqui, a meta não é desenvolver o próximo aplicativo. Nesse lugar, os líderes do futuro querem fazer muito mais e com o apoio da Google e da NASA, eles estão se preparando para enfrentar os maiores desafios da humanidade.

Campus Ravensburg da Baden-Wuerttemberg Cooperative State University – Foto: MWK Baden-Württemberg.

Profissionais de eventos na interface entre teoria e prática

Qual é o significado dessa mudança de paradigma para o setor MICE (reuniões, incentivos, conferências e exibições)? Será que precisamos de um “novo” caminho educacional para garantir nosso sucesso no futuro? Essas mudanças já estão aparentes no setor de treinamento para eventos. Como resultado, teve uma explosão de novos programas de graduação e treinamento. Nesse cenário, cada aluno e companhia deve procurar seu próprio caminho para a aquisição de conhecimentos – que será fragmentado e progressivo.

Esse é um desafio que a Pro Sky também aceitou. Por esse motivo, investimos muito no treinamento e desenvolvimento de nossos funcionários. Por exemplo, mantemos uma parceira com a Baden-Wuerttemberg Cooperative State University no programa de graduação para gestão de exibições, congressos e eventos. Além disso, também colaboramos com o streetfootballworld, um projeto muito próximo de nossos ideais.

streetfootballworld – Mudando o mundo através do futebol

Mais que qualquer outro esporte, o futebol faz o mundo rodar. A streetfootballworld, uma organização sem fins lucrativos, aproveita desse potencial para apoiar o desenvolvimento de jovens e equilibrar a diferença social. A streetfootballworld reúne mais de 100 organizações, sendo eles parceiros dos setores público e privado, que suportam vários programas no mundo inteiro.

Quer saber mais? Entre em contato com Daniel van Bühren, nosso gerente CSR: Daniel.vanBuehren@pro-sky.com .

No setor de eventos ou qualquer outra área, é muito provável que a aplicação prática de conhecimentos será importante no futuro, além de ser necessário para buscar um processo de adaptação tecnológica cada vez mais forte: a capacidade de adaptar às mudanças e ser pioneiro.

Mais criatividade, mais responsabilidade – Quais são as características necessárias para um profissional de eventos no século 21?


Compartilhe essa notícia: