2020-03-13

Coronavírus: que medidas podem tornar o voo mais seguro?

Notícias de Aviação
Coronavírus: que medidas podem tornar o voo mais seguro?

Rótulo: Gerenciamento De Risco


Compartilhe essa notícia:


O que os viajantes podem fazer para se protegerem do coronavírus? Que riscos se escondem nos aeroportos? E nos aviões? Numa entrevista à Pro Sky, o Dr. Markus Egert, Professor de Microbiologia e Higiene na Universidade de Furtwangen, Alemanha, explica quais medidas fazem sentido e quais são ineficazes.


DEVEMOS USAR MÁSCARA NOS AVIÕES OU NOS AEROPORTOS?

Faz algum sentido usar máscaras a bordo de um avião ou em aeroportos?

"Não é realmente necessário. Uma exceção é quando você mesmo está doente; a máscara então ajuda a proteger aqueles ao seu redor. Geralmente, as pessoas saudáveis só precisam usar máscaras quando estão em contato frequente com pessoas em geral e pessoas potencialmente doentes, por exemplo, médicos. Caso contrário, as máscaras causam confusão e incerteza".

QUAIS OS RISCOS EXISTENTES NO CONTATO COM OBJETOS NOS AVIÕES E NOS AEROPORTOS?

Devemos evitar tocar superfícies e objetos nos aviões e nos aeroportos?

"Há um certo risco de infecção, mas isso não deve deixá-lo ansioso; apenas é importante lavar as mãos."

Quanto tempo vírus sobrevive em superfícies?

"Vírus, em geral, não deixam de estar ativos em objetos e superfícies em questão de minutos, podem inclusive persistir por vários dias, dependendo do tipo de superfície. O metal é diferente do plástico, as superfícies limpas reagem de forma diferente do que as não limpas. Mas é correto dizer que as superfícies afetadas permanecerão infecciosas por algum tempo".

Faria sentido então desinfetar superfícies como o seu assento e mesa, não faria?

"Não faria nenhum mal, mas só lhe daria paz de espírito."

Mas as companhias aéreas estão ocasionalmente desinfetando aviões inteiros. Estão exagerando?

"Isto é mais uma questão de marketing. Uma limpeza normal seria suficiente. As exceções são quando um voo vem de uma área de alto risco ou quando uma pessoa infetada está a bordo apenas. Desinfetar não fará nenhum mal, mas se não foi feito, não precisa ficar ansioso por embarcar."

Muitos preferem agora usar a forma tradicional de check-in em vez de usar o auto-check-in com touch screens. Isso é sensato?

"Se você fica ansioso por tocar na tela, basta lavar as mãos depois. O check-in tradicional não é necessariamente mais seguro. O pessoal de atendimento no check-in pode estar infectado, talvez você tenha que ficar na fila por muito tempo e, portanto, entrar em contato próximo com pessoas infectadas. Acho que os passageiros não se devem preocupar com o uso de auto check-in ".

O uso de luvas ajuda?

"Lavar as mãos seria o meu conselho para os viajantes. Os vírus podem ficar com as luvas. Por isso não vai ajudar se eu tocar no meu rosto com elas. Além do mais, elas podem te dar uma falsa sensação de segurança e fazem com você lave as mãos com menos frequência”.

O QUE SE DEVE CONSIDERAR AO EMBARCAR E ESCOLHER UM ASSENTO?

Há uma maior procura por parte dos passageiros que querem um lugar à janela, quando fazem a reserva. Os assentos à janela são mais seguros porque estão mais isolados?

"Há alguma lógica aí. Sentar-se num lugar à janela significa que você provavelmente terá muito menos contato com outros passageiros. No entanto, o contato a curto prazo não é o fator significativo aqui. Mais significativo é quem está sentado à sua volta."

Quão perto tem de estar alguém para eu me infectar?

"A pessoa tem de estar sentada perto de você para te infectar. Eu diria a uma distância de uma ou duas filas."

Suponha que uma pessoa com sintomas está sentada ao meu lado. Qual é a melhor coisa a fazer?

"É importante manter a distância. Como regra, a tripulação tentará mover essas pessoas ou oferecer-lhes uma máscara. Se isto não acontecer, sinalize educadamente. Caso contrário, não há muito que se possa fazer. O que você pode fazer é pedir à pessoa sentada ao seu lado que espirre para dentro do braço e tentar virar as costas. Leia uma revista e use-a para se proteger de gotículas."

Quando devemos ser especialmente cuidadosos?

"Ao embarcar e desembarcar. Sempre quando há tumulto, quando há pressa e as pessoas se aproximam umas das outras. Os outros passageiros são o maior risco. O problema é o contato direto."

Deve-se então tentar entrar no avião o mais tarde possível, não é?

"Isso ajudaria. Mas as instruções do pessoal da cia aérea no embarque devem ser seguidas. Pelo que sei, o embarque especial também está disponível, dependendo das circunstâncias de saúde."

QUÃO ARRISCADO É O AR NUM AVIÃO?

Os filtros de "ar particulado de alta eficiência" nos aviões podem filtrar o vírus?

"Há filtros diferentes, mas os clássicos filtros HEPA já são muito bons para limpar o ar. Duvido que crie condições de ar como as em salas de cirurgia, mas essa não é a questão. É claro que os filtros têm suas restrições quando os vírus têm apenas algumas centenas de nanômetros de tamanho, o mais importante é que as gotículas sejam filtradas para fora e isso é o que acontece. Por isso, as viagens aéreas têm aqui uma vantagem sobre as viagens de ônibus e de trem."

Se o ar dos filtros HEPA nos aviões é tão limpo, faz sentido ligar a ventilação?

"O ar é muito limpo, mas também muito seco. Isto não é bom para as membranas mucosas, que por sua vez podem causar uma infecção."

O que mais devo ter em mente a bordo? Devo evitar bebidas e comida fornecida a bordo e trazer a minha própria comida?

"Não, não conheço nenhum estudo que mostre que isto tenha impacto."

E que tal usar o WC? Faz sentido evitá-lo para reduzir o contato com outras pessoas?

"Não, não faz sentido. Se você precisa de ir, tem que ir, mas lave as mãos depois."

Recomendaria lavar as mãos, quer use ou não o banheiro a bordo?

"Sim, lavar as mãos é a nossa medida mais eficaz contra o vírus."

Alguns passageiros se preocupam de que falte sabonete no avião. O que fazer nessa situação?

"Acho que não é provável mas se isso te preocupa leve com você um potinho de desinfetante para as mãos, eles cabem na sua bagagem de mão. Entretanto não acho que isso deva acontecer, melhor perguntar à tripulação se têm sabonete."

PROTEJA-SE DO CORONAVÍRUS DURANTE SUA VIAGEM

O que o Dr. Egert recomenda para se proteger contra o vírus a bordo ou nos aeroportos?

  • Mantenha distância dos passageiros que apresentem sintomas de constipações (tosse, nariz entupido).
  • Preste atenção à higiene das mãos (lavagem regular e completa das mãos)
  • Beba muita água (especialmente devido ao ar seco dos aviões)
  • Tente relaxar ao viajar porque o stress enfraquece o sistema imunitário.

Quer mais detalhes? O novo livro do Dr. Egert sobre germes "Ein Keim kommt selten allein" (Um germe raramente vem sozinho) tem um capítulo completo sobre germes e viagens no qual ele também aborda o tópico de voar.

Fonte da imagem: Artigo imagem do Dr. Markus Egert por Britt Schilling